Não vamos deixar esse tesouro ir para o fundo do mar

46aRegataAratuMaragogipe_featured

17 de junho de 2015

0 comentários

Abertas as inscrições para a 46ª Regata Aratu Maragojipe

“A regata, quase rally mais encantadora do Brasil. Qual regata cruza uma baia e veleja rio a dentro? Festa na saída e na chegada? Local aonde a “elite” dos velejadores encontra o publico mais autêntico deste país? Aonde uma máquina de regata de fibra de carbono, disputa espaço na curva de um rio com um saveiro tradicional da Bahia? Venham prestigiar a Regata Aratu Maragojipe.”

Lars Grael, sobre a Regata Aratu Maragojipe, citado na página da Associação Brasileira de Veleiros de Oceano

46aRegataAratuMaragojipe

Acesse e participe! www.aratumaragojipe.com.br

20150416_plantiodemudas_featured

16 de abril de 2015

0 comentários

18 de abril – Tradição e Conservação

Convite

 Tradição e Conservação

Saveiros da Bahia contribuem para a preservação dos manguezais da Baía de Todos os Santos

Dia 18 de abril, acontecerá uma grande ação que pretende unir a tradição dos centenários saveiros da Bahia à preservação dos manguezais da Baía de Todos os Santos. Promovida pelo Projeto CO2 Manguezal, patrocinado pela Petrobras por meio do Programa Petrobras Socioambiental, serão reflorestados 3,5 hectares de manguezais na cidade de São Francisco do Conde. Participarão do evento mais de 200 pessoas entre pescadores, marisqueiras, saveiristas, estudantes, ambientalistas e a equipe técnica do Projeto.

Patrimônio naval da Bahia, os saveiros são parte fundamental da história da Baía de Todos os Santos. Ao longo dos anos, eles assumiram a função de transporte de alimentos, materiais de construção, animais e todo tipo de mercadorias, promovendo o desenvolvimento socioeconômico da região do Recôncavo Baiano. Agora, o saveiro se presta à função de preservação dos manguezais, ao transportar 15 mil mudas das espécies Mangue Vermelho (RhizofhoraMangle) e Mangue Preto (AvicenniaSchaueriana), que possuem a maior  capacidade de capturar e armazenar o carbono atmosférico que causa o efeito estufa.

Com essa ação o Projeto CO2 pretende mobilizar e conscientizar a comunidade e entidades comprometidas com a defesa do meio ambiente. É necessária a ação integrada de todos esses agentes para o devido reconhecimento da importância ambiental, socioeconômica e cultural dos manguezais e saveiros da Baía de Todos os Santos.

Ação de plantio e transporte de 15 mil mudas

Dia 18  de Abril de 2015

Saída às 8h do Cais do Cajá em Maragogipe-BA

Previsão de chegada em São Francisco do Conde-BA,  às 13h.

Instituições presentes no evento:

Fundação Vovó do Mangue, Colônia Z-07, Colônia Z-05, Federação dos Pescadores do Estado da Bahia, Superintendência da Pesca na Bahia, Associação Viva Saveiro, ASVIBA – Associação dos Saveiros de Vela de Içar da Bahia, Músicos do Grupo Cantarolama, Associação de Pescadores e Marisqueiras da Comissão e Baixinha, Prefeitura de São Francisco do Conde.

Contatos:

Fundação Vovó do Manguerelacionamento@vovodomangue.org  | (75)35261724

Marcos Costa (Diretor) –  marcos.costa@vovodomangue.org / marcoscostasantos@hotmail.com | (75) 9992.3219

Rosiane Campos (Coordenadora Geral CO² Manguezal) –  rosiane.campos@vovodomangue.org | (71) 9309.3890/(75) 9985-5984

Rutileia Barbosa (Coord. Pedagógica) – rutibcs@hotmail.com | (71)9907-2309

saveiros_LuizGerbase_featured

13 de abril de 2015

0 comentários

Saveiros de Maragogipe – vídeo de Luiz Gerbase

Agradecemos ao  velejador Luiz Gerbase, de Porto Alegre, esta homenagem às embarcações que, como ele, tanto admiramos em ver singrar as águas de nossa bela Baía!

Saveiros – Bahia – Brasil de Luiz Gerbase no Vimeo.

SAVEIROS: Barcos espetacularmente adaptados ao seu vento.

Quando o mundo conhecido era pequeno, e a Terra, grande, eles singraramos mares da Bahia. Durante longo tempo, foram o principal meio de transporte local. Velas içadas, lançadas ao vento, os saveiros cortaram os séculos e as águas nas travessias do recôncavo Baiano – a baía de Todos os Santos.

Gente, bichos e produtos agrícolas eram transportados por essas pioneiras embarcações de madeira, que uniam cidades, vilas e portos entrelaçados no mar.

Restam apenas 20 saveiros em atividade, brava resistência à modernidade, cruzando na frente de até plataformas de petróleo em construção.

Seus nomes são inspiradores, invocam a grandeza do passado ou a poesia de quem tem intimidade com a natureza: Sombra da Lua, Vendaval, É da Vida, Flor do São Francisco, Rompe Nuvem, Rei do Oriente e Vencedor das Lutas são alguns deles.

Todos sobrevivem graças ao amor de antigos mestres e entusiastas.

Os saveiros, com sua vela central enorme e um trapo de genoa, eram presença emblemática no porto de Salvador, e sobem e descem ainda a correnteza do Rio Paraguaçu somente a vela, até Maragogipe.

Luiz Gerbase

DSC03763_featured

27 de março de 2015

0 comentários

Bordejo Trio de Ouro no programa Aprovado

Atualização, 28 de março – O programa já está disponível no site da Rede Globo:

http://redeglobo.globo.com/ba/redebahia/aprovado/videos/t/edicoes/v/saveiro-embarque-numa-expedicao-a-bordo-da-embarcacao-mais-tradicional-da-bahia/4067516/

No programa Aprovado (Rede Bahia) deste sábado dia 28, vão ao ar matérias especiais em comemoração ao aniversário de Salvador, dentre elas o Bordejo Trio de Ouro, com os saveiros Sombra da Lua, É da Vida e Mensageiro do Destino:

“Uma expedição de três saveiros faz um passeio até Maragojipinho, cidade das olarias. O repórter Pablo Vasconcelos conversa com Pedro Bocca, presidente da Associação Viva Saveiro, sobre a importância histórica dessa embarcação, que fazia transporte de carga do recôncavo à capital.”

pablo_04_pgm_aprovado_618_aniversario_ssa.quadro029

http://redeglobo.globo.com/redebahia/aprovado/noticia/2015/03/aprovado-navega-e-mergulha-para-contar-curiosidades-de-salvador.html

20150306_Regina_07_featured

15 de março de 2015

0 comentários

Bordejo Sempre Feliz e Trio de Ouro

Sexta-feira, 6 de março, o bordejo inaugural do recém-restaurado saveiro Sempre Feliz, zarpou do Terminal Náutico Salvador em direção a Jaguaripe.

O Sempre Feliz teve a companhia do Trio de Ouro, os saveiros Sombra da Lua, É da Vida e Mensageiro do Destino.

Neste álbum, fotos de Regina Padilha:

Neste outro álbum, fotos de Aquino Oliveira:

E nas fotos de Ildé Paraense, o registro de quem ficou em terra vendo o bordejo zarpar:

 

Além das imagens acima, o bordejo também teve o registro poético de Arno e Iolanda Dreschers:

“Foi em uma linda sexta-feira de março, de esperada lua quase cheia, que nos encontramos na boca do cais, e de lá saímos … estivemos bordejando Saveiros: SOMBRA DA LUA, É DA VIDA e MENSAGEIRO DO DESTINO pelas águas da Baia de Todos os Santos, pelo Rio Jaguaribe, por entre seus belos manguezais. Experiência maravilhosa e única com amigos novos e antigos, todos boêmios, filósofos, donos da palavra, senso de humor à flor da pele, admiradores de um bate papo, uma boa cachaça, de um eventual espumante, de “umas cervejas” qualquer que seja a marca ou invólucro desde que bem gelada.
Não duvide, todos românticos e cantadores se fizeram encantadores, esperaram e celebraram a lua surgindo por trás de nuvem ciumenta e cinzenta e no domingo se enterneceram com a beleza da revoada de gaivotas atacando cardumes, com o por do sol de cores vibrantes, anunciando o fim do dia e da aventura que é encontrar, bordejar, cambar …

Viva Saveiro!
Viva Bahia
Viva nossa Alegria.”

Arno e Iolanda Dreschers

No blog Wagau, Lula Afonso e Sérgio Siqueira complementam, com mais fotos e relatos, o registro do Bordejo Sempre Feliz e Trio de Ouro do dia 6 de março.

http://wagau.blogspot.com.br/…/jaguaripe-maragogipinho-jagu…

IMG_0036_featured

2 de março de 2015

0 comentários

Sempre Feliz – de volta ao mar da Baía de Todos os Santos

O saveiro Sempre Feliz está praticamente pronto; entre hoje e amanhã, com a maré favorável o saveiro assenta o leme, vai ao Porto de Aratu colocar o mastro, faz os últimos retoques de pintura e na quinta feira vai rebocado para a Rampa do Mercado Modelo.

Graças a contribuição de todos os apoiadores que acompanham a Viva Saveiro desde o início e àqueles que aderiram a campanha para salvar o Sempre Feliz, sexta feira ele será entregue ao mestre Nelson, e sai para o mar da Baía, juntamente com o Sombra da Lua, É da Vida e Mensageiro do Destino.

No álbum, algumas fotos das últimas etapas de pintura; as mais recentes de ontem, 1° de março.

NauticalArchaelogySociety

3 de fevereiro de 2015

0 comentários

Moldes, Graminhos e Ripões

NauticalArchaelogySociety

Artigo de Filipe Castro e Denise Gomes Dias, importante contribuição para o estudo e divulgação da história e técnicas de construção dos saveiros: Moulds, Graminhos and Ribbands: a pilot study of the construction of saveiros in Valença and the Baía de Todos os Santos area, Brazil publicado em 16 de dezembro no The International Journal of Nautical Archaelogy.

“A sobrevivência das técnicas do Mediterrâneo medieval de conceber e construir barcos no Brasil foi percebida por John Patrick Sarsfield na década de 1980, mas seu estudo sobre construção naval em Valença foi interrompido por sua morte prematura em 1990. Este artigo resume o relato de Sarsfield sobre essas técnicas de construção naval, examina as técnicas publicadas por Lev Smarcevski (1996), e fornece alguns resultados preliminares da fase piloto de um projeto para pesquisar mais a construção naval tradicional em Valença e região da Baia de Todos os Santos”.

http://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1111/1095-9270.12086/abstract

The International Journal of Nautical Archaelogy é um periódico da Nautical Archaeology Society.

Nautical Archaelogy Society

Associação Viva Saveiro
info@vivasaveiro.org

siga a Viva Saveiro